Como transformar seguidores em clientes?

Como transformar seguidores em clientes?

 

O primeiro passo é entender que todos os aplicativos são mídias sociais, ou redes sociais digitais, e é preciso socializar com as pessoas. Para depois iniciar o processo de estreitamento do relacionamento, gerar confiança, mostrar autoridade no assunto relacionado a sua marca e vender.

Compreendido sobre as redes sociais e quem é o seu público no meio digital, é preciso começar a atraí-los. É a fase de planejamento e produção de conteúdo de qualidade com relevância, um material de valor para a sua audiência e, assim, você começa a aparecer de modo mais frequente para o público. Essas aparições podem ser por hashtags, anúncios e, até mesmo, com o uso de estratégias ativas de engajamento.

A hora de fazer a venda é quando percebeu que o público está engajado e confia em você. É sinal de que as pessoas estão aptas para comprar o produto ou serviço da sua empresa, e nem vai pensar na concorrência.

Para este momento, existem dois caminhos para seguir no ambiente digital: o de forma orgânica e o tráfego pago. Seja qual for a sua jornada escolhida, este é o momento que finaliza o processo de transformação e começa a trabalhar estratégias para fidelizar os seus consumidores. 

Todo este processo de reconhecimento da marca, ofertar ao público conteúdo de valor, iniciar o processo de vendas de modo indireto, mostrar autoridade sobre o assunto relacionado com a empresa e conquistar o público com sentimento e experiência, é baseado no Funil de Vendas.

O funil é como uma pirâmide de cabeça para baixo e tudo começa na base. E a base é chamada de Atenção, o momento que você atrai as pessoas para o seu perfil, para a sua marca com conteúdo de valor para que o futuro consumidor compreenda que você tem a solução de algum problema. Problema que nem o comprador sabia que tinha, mas você já adiantou e garantiu a atenção. 

Depois é a fase do Desejo. Com a atenção do público garantida e o problema já perceptível, o comprador vai desejar querer saber mais do seu produto ou serviço para compreender melhor o porquê e como a sua empresa pode ajudar na vida do futuro cliente. Desta forma, a fase do Interesse já inicia e a pessoa procura cada vez detalhes do que você pode oferecer como solução do problema, momento que você pode ofertar um e-book didático sobre o produto ou serviço, um artigo sobre o tema e outras possibilidades.

Por fim, se o consumidor passou por todas essas partes da pirâmide e chegou na última etapa que é a Ação: Bingo! O seu público-alvo vai começar a comprar de você o seu produto ou serviço, a venda acontece naturalmente.

Mas não pode deixar a peteca cair, é hora de você continuar lado a lado do consumidor mostrando tudo o que você tem a ofertar a ele em um pós-compra. Assim, você tem mais chances de o consumidor associar a sua marca com soluções de problemas pessoais o mais rápido possível, a sua empresa estará na mente da pessoa e ela nem vai dar chance para a concorrência. 
Lembre-se: o mais importante para que dê certo todas as etapas do Funil de Vendas, é criar o relacionamento com os seguidores que irão ser os seus compradores, e pode levar um tempo de médio a longo prazo. Entretanto, é garantia que irá funcionar se você fizer tudo baseado em estratégias e com o direcionamento adequado para acelerar o processo. E caso esteja perdido em como fazer todo este planejamento, por qual estratégia apostar e como produzir o conteúdo, a solução é uma só: Like Up!

transformar seguidores em clientes?O primeiro passo é entender que todos os aplicativos são mídias sociais, ou redes sociais digitais, e é preciso socializar com as pessoas. Para depois iniciar o processo de estreitamento do relacionamento, gerar confiança, mostrar autoridade no assunto relacionado a sua marca e vender.Compreendido sobre as redes sociais e quem é o seu público no meio digital, é preciso começar a atraí-los. É a fase de planejamento e produção de conteúdo de qualidade com relevância, um material de valor para a sua audiência e, assim, você começa a aparecer de modo mais frequente para o público. Essas aparições podem ser por hashtags, anúncios e, até mesmo, com o uso de estratégias ativas de engajamento.A hora de fazer a venda é quando percebeuque o público está engajado e confia em você. É sinal de que as pessoas estão aptas para comprar o produto ou serviço da sua empresa, e nem vai pensar na concorrência.Para este momento, existem dois caminhos para seguir no ambiente digital: o de forma orgânica e o tráfego pago. Seja qual for a sua jornada escolhida, este é o momento que finaliza o processo de transformação e começa a trabalhar estratégias para fidelizar os seus consumidores. Todo este processo de reconhecimento da marca,ofertarao públicoconteúdo de valor, iniciar o processo de vendas de modo indireto, mostrar autoridade sobre o assunto relacionado com a empresaeconquistar o público com sentimento e experiência,é baseado no Funil de Vendas.O funil é como uma pirâmide de cabeça para baixo e tudo começana base. E a baseé chamada de Atenção, o momento que você atrai as pessoas para o seu perfil, para a sua marca com conteúdo de valor para que o futuro consumidor compreenda que você tem a solução de algum problema. Problema que nem o comprador sabia que tinha, mas você já adiantou e garantiu a atenção. Depois é a fase do Desejo. Com a atenção do público garantida e o problema já perceptível, o comprador vai desejar querer saber mais do seu produto ou serviço para compreender melhor o porquê e como a sua empresa pode ajudar na vida do futuro cliente. Desta forma, a fase do Interesse já inicia e a pessoa procura cada vez detalhes do que você pode oferecer como solução do problema, momento que você pode ofertar um e-bookdidático sobre o produto ou serviço, um artigo sobre o tema e outras possibilidades.Por fim, se o consumidor passou por todas essas partes da pirâmide e chegou na última etapa que é a Ação: Bingo! O seu público-alvo vai começar a comprar de você o seu produto ou serviço, a venda acontece naturalmente.Mas não pode deixar a peteca cair, é hora de você continuar lado a lado do consumidor mostrando tudo o que você tem a ofertar a ele em um pós-compra. Assim, você tem mais chances de oconsumidor associar a sua marca com soluções de problemas pessoais o mais rápido possível, a sua empresa estará na mente da pessoa e ela nem vai dar chance para a concorrência.